sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

"Se eu me for" de Sylvia Orthof


Se eu me for
Se eu me for,
vou de bagagem,
sem ter mala
e compromisso.
Vou de anjo,
sem ter asa,
vou morando,
sem ter casa.
Vou medir
o infinito.