domingo, 25 de janeiro de 2015

#PoesiaNaPenumbraArtigos- A Poesia Nossa de Cada Dia - Jeronimo Madureira

Certas coisas dão sentido à vida. Coisas que, se não existissem, privariam a própria vida de sabor; A poesia é um exemplo.
Não falo isso só porque sou poeta, mas principalmente, porque sou um observador. Observo o meu mundo e o mundo ao meu redor.
A poesia é tão importante, tão essencial, tão vital, que está presente em tudo. Tudo é motivo de poesia.
Poetiza-se o belo, assim como o feio.
Poetiza-se a felicidade e a infelicidade.
Poetiza-se o amor, assim como o ódio e a dor.
Poesia é arte democrática, não é preconceituosa, não é racista. Até um analfabeto pode ser poeta; basta que tenha o dom. A poesia está presente em tudo, nos quatro cantos do mundo e até além.
Somos todos poetas. Faz parte da essência humana e, se observarmos bem, não só da humana. A poesia faz parte da Grande Criação. Em toda arte há poesia, na pintura, na dança, na melodia...
Até no silêncio há poesia. Diria que a poesia é o nosso alimento espiritual,
Que revigora e eleva o moral. A poesia é a própria harmonia.
Bendita seja a poesia nossa de cada dia!









Jeronimo Madureira
Escritor/ Poeta - RJ - 25/01/2015
jeromad_rj@hotmail.com